Programa SJT EMC

Bem-vindo!

Conheça o programa

Sobre o Programa EMC


Você reconhece a diferença quando se torna um aluno SJT Educação Médica

Há 18 anos o SJT Educação Médica proporciona padrões superiores de educação para a classe médica, visando ao máximo de aproveitamento profissional e científico.

O que é Educação Continuada?

Jacques Delors (1998 – Organizador da Comissão da Unesco) aponta como principal consequência da sociedade do conhecimento a necessidade de uma aprendizagem ao longo de toda vida, fundamentada em quatro pilares, que são, concomitantemente, pilares do conhecimento e da formação continuada:

Aprender a conhecer

É necessário construir e reconstruir o conhecimento para que não seja efêmero, que se mantenha através do tempo, que valorize a curiosidade, a autonomia e a atenção, permanentemente. É preciso também pensar o novo, reconstruir o velho, reinventar o pensar.

Aprender a fazer

A rápida evolução por que passam as profissões pede que o indivíduo esteja apto a enfrentar novas situações de emprego e a trabalhar em equipe, desenvolvendo espírito cooperativo, na reelaboração conceitual e nas trocas, valores necessários ao trabalho coletivo.

Aprender a conviver

A educação tem como missão transmitir conhecimentos sobre a diversidade da espécie humana, assim como, conscientizar as pessoas sobre as semelhanças e interdependências que existem entre todos os cidadãos do planeta.

Aprender a ser

É importante desenvolver sensibilidade, sentido ético e estético, responsabilidade pessoal, pensamento autônomo e crítico, imaginação, criatividade, iniciativa e desenvolvimento integral da pessoa em relação à inteligência. A aprendizagem precisa ser integral não negligenciando nenhuma das potencialidades de cada indivíduo.

Desta forma, o Programa Educação Médica Continuada SJT tem como objetivo possibilitar aos médicos e alunos de medicina o acesso a um conteúdo que visa ao conhecimento, à atualização e consequentemente à assistência a saúde. Os cursos de Educação Médica Continuada SJT proporcionam conhecimento técnico científico atualizado para a prática diária dos princípios éticos.

De acordo com o CNE (Conselho Nacional de Educação), os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a aprender continuadamente, tanto durante sua formação inicial quanto ao longo da vida. A corresponsabilidade e o compromisso com a própria educação, bem como com a formação das futuras gerações de profissionais, deve fazer parte da prática profissional. A promoção de benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, o desenvolvimento da mobilidade acadêmica e profissional e a cooperação por meio de redes nacionais e internacionais são as novas demandas da educação de profissionais de saúde. As capacidades em educação conformam uma área do perfil de competência médica, que promove a autonomia e a independência intelectual, com responsabilidade social.

A necessidade de reciclagem periódica é importante para que possamos oferecer conteúdo atualizado de temas diversos das especialidades médicas; conforme recomendação da Lei de diretrizes e bases da Educação – LDB (Lei nº 9.394,. de 20 de dezembro de 1996 – cap. V).